Eamambai

Câmara Federal aprova fim de multa para quem esquecer a CNH; projeto deve seguir para o Senado

Por EAmambai:
Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
Multa poderá ser eviatada caso o agente de trânsito possa consultar informações pelo banco de dados oficial (Foto: Flávio Moraes/G1) Multa poderá ser eviatada caso o agente de trânsito possa consultar informações pelo banco de dados oficial (Foto: Flávio Moraes/G1)

Se entrar em vigor, nova regra só vale se o agente de trânsito tiver como consultar as informações do motorista e do veículo na hora da abordagem.

Comissão de Constituição e Justiça e da Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que impede a aplicação de multa e a retenção do veículo se o motorista não estiver com a carteira de habitação (CNH) ou documento de licenciamento anual do veículo. Se não houver recurso pedindo análise no Plenário, a proposta segue para o Senado.

Mas a nova regra só será válida, se aprovada, se o agente de trânsito tiver como consultar as informações do motorista e do veículo por meio de um banco de dados oficial no momento da abordagem.

Pela regra atual, quem dirigir sem portar o licenciamento e a carteira de motorista poderá ser multado e ter seu veículo retido até a apresentação dos documentos. A infração é considerada leve e seu valor da multa é de R$ 88,38.

 

Documento de identificação será necessário

 

De autoria da ex-deputada Sandra Rosado e da deputada Keiko Ota (PSB-SP), o projeto de lei 8022/14 aprovado na quarta-feira (21) altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97). Também foi aprovada emenda da Comissão de Viação e Transportes para exigir a apresentação, pelo condutor, de algum documento de identificação oficial, como o RG, a fim de ser beneficiado pela medida.

 

  • Segundo a proposta, quando não for possível realizar a consulta online das informações do veículo ou do condutor, o auto de infração será cancelado caso o condutor apresente, em até 30 dias, o documento ao órgão de trânsito responsável pela autuação. Assim, o motorista não terá pontos computados em sua carteira, referentes à infração.

Comissão pede volta dos extintores

Outra comissão da Câmara, a de de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade, no final de maio, um projeto de lei que retoma a obrigatoriedade dos extintores de incêndio em veículos no Brasil.

 

Comentários (0 postado)

total: | mostrando:

Poste seu comentário

Entre o código que você vê na imagem:

Captcha
  • Enviar a um amigo Enviar a um amigo
  • Versão p/ impressão Versão p/ impressão

Vote neste artigo

0
Copyright ©2011 - http://eamambai.com.br/portal/ - Todos os Direitos Reservados
Powered by
MEGAWEB